ANDI - Agência de Notícias dos Direitos da Infância

http://www.andi.org.br/

Saiba tudo sobre a situação da criança no mundo. Clik aqui para traduzir o Blog. Obrigado.

Clik para ouvir !!!

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Criança é encontrada morta no Aterro do Flamengo

Porque tantas crianças são atacadas neste país chamado Brasil?
publicado em 14/02/2010 às 20h10:


Polícia acredita que vítima de 8 anos sofreu abuso sexual antes de ser assassinada

Do R7.Texto: ..

Uma garota de cerca de 8 anos foi encontrada morta na tarde desta domingo (14) no Aterro do Flamengo, na zona sul do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia, a menina vestia uma fantasia de carnaval e apresentava indícios de violência sexual.
Os policiais militares encontraram a vítima de bruços, próximo ao Museu de Arte Moderna do Rio. A criança apresentava ferimentos no rosto e nas regiãos próxima à vagina e ao anus.

Informações preliminares apontam que a criança era moradora de rua e foi assassinada por volta das 23h deste sábado. O corpo da garota foi levado para IML (Instituto Médico Legal) e o caso será investigado pelo departamento de homicídios da Polícia Civil do Rio.

2 comentários:

  1. As crianças do nosso Brasil estão jogadas às traças, vejo abusos todos os dias, não é novidade e as autoridades não estão preocupadas com elas, na verdade não há interesses relativos à amparar estas crianças.
    Gostei do blog, se houver interesse visite:www.direitofundamentalnatural.blogspot.com. Alguma coisa tem que ser feita, somos parte do problema e também da solução.

    ResponderExcluir
  2. Olá Ed, Saudações!
    Parabens pelo blog e pela forma de pensar. Escreva sim sobre a barbarie que assola nossa sociedade, devemos nos posicionar em prol de um pais livre destes absurdos e que as diversas riquezas que temos sejam para honrar a bravura deste povo que sofre, trabalha e sonha. Pode postar o texto que você quiser do blog Direitos Fundamentais, pois o nosso interesse é informar e nos posicionar contra a ignorancia que beneficia o desvario de poucos.

    ResponderExcluir