ANDI - Agência de Notícias dos Direitos da Infância

http://www.andi.org.br/

Saiba tudo sobre a situação da criança no mundo. Clik aqui para traduzir o Blog. Obrigado.

Clik para ouvir !!!

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Duas mulheres "disputam" bebê abandonado em Jaboticabal (SP)

Maria Aparecida Giachetto, 49, entregou no pronto socorro de Jaboticabal(SP) um bebê que havia encontrado em uma caixa de papelão.

Talita Caraschi Catozichi, foi até o pronto socorro visitar um paciente e viu o bebê.

Ela conta que acompanhou Maria Aparecida e a equipe que fez o primeiro atendimento e agora diz que quer adotar o recém-nascido, que ganhou o apelido de Juninho.

Apesar de saber que não pode adotar a criança sem ter um cadastro no Forum da cidade, ela diz:

"Já me disseram que as coisas não são assim, que tem fila de espera [para adoção], mas eu vou fazer de tudo para ficar com ele."
Quem também se diz interessada em adotar o bebê é a faxineira que o encontrou. Maria Aparecida sabe também do interesse de Talita.
Segundo o Conselho Tutelar, Juninho será encaminhado a um abrigo e o seu destino será definido pela Justiça.

A faxineira, disse que achou o bebê no quintal de uma casa vazia, à venda e com o portão trancado no bairro Aparecida, no sábado.

Para uma pessoa conseguir adotar uma criança é necessário comparecer ao forum mais próximo de sua casa, na vara da criança e do adolescente e solicitar, junto a uma assistente social ou psicologa, um cadastro de adoção.

Após preenchê-lo é só seguir as instruções datas pelos profissionais do forum.
Não existe outra forma de adoção no Brasil e qualquer outra é considerado crime.
 
Ed

Nenhum comentário:

Postar um comentário