ANDI - Agência de Notícias dos Direitos da Infância

http://www.andi.org.br/

Saiba tudo sobre a situação da criança no mundo. Clik aqui para traduzir o Blog. Obrigado.

Clik para ouvir !!!

sexta-feira, 30 de abril de 2010

São Paulo ganhará onze Comitês de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas em 2010

Tatiana Félix *

Adital -

Obedecendo a uma determinação do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (NETP) do estado de São Paulo (SP), até dezembro deste ano, onze Comitês Interinstitucionais de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (CIPETP) devem ser instalados em todo o território paulista. O objetivo é o de fortalecer políticas públicas na prevenção e combate a este crime que resume o ser humano a um simples objeto negociável.

A iniciativa do Núcleo Estadual previu a implantação de quatorze comitês, dos quais três já foram instalados. A coordenadora do NETP de SP, Anália Ribeiro, informou que dos três comitês em funcionamento, dois estão localizados na região metropolitana da capital. O terceiro está instalado na cidade de Registro, que atende a região do Vale do Ribeira, área conhecida pelas atividades do tráfico de crianças, adolescentes, jovens e mulheres, para fins de exploração sexual e trabalho escravo.

Ela disse ainda que a partir de maio serão feitas as articulações com as entidades da sociedade civil e poderes públicos, para a efetiva implantação dos Comitês. Os profissionais que trabalharão nestes postos passarão por capacitação na área do tráfico humano.

Segundo Anália, os Comitês Interinstitucionais terão ações de prevenção, responsabilização e atendimento às vítimas. "A ideia é investir em capacitação para fortalecer a rede e proporcionar um melhor atendimento", informou. A instalação do Comitê vai permitir também a coleta de dados por região e a apresentação da situação local.

A escolha das quatorze cidades obedeceu a critérios como capacidade de articulação regional e índice de vulnerabilidade socioeconômica. Entre esses índices de vulnerabilidade foram considerados a ocorrência do tráfico de drogas, grandes eventos como feiras de agronegócio, além da existência de entroncamentos rodoviários, aeroportos, e outros. "Foi feita uma análise em conjunto com as polícias para ter um mapeamento mais substancial indicando a vulnerabilidade das cidades", explicou Anália.

A interiorana cidade de Marília, que vai ser sede de um dos comitês, é cortada por duas rodovias estaduais e uma rodovia federal, a Transbrasiliana BR-153. A cidade possui um Terminal Rodoviário Interurbano e ainda um aeroporto com vôos regulares para São Paulo (capital) e Presidente Prudente. Esses pontos de entrada e saída de pessoas facilitam a ação de aliciadores e traficantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário