ANDI - Agência de Notícias dos Direitos da Infância

http://www.andi.org.br/

Saiba tudo sobre a situação da criança no mundo. Clik aqui para traduzir o Blog. Obrigado.

Clik para ouvir !!!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Americano que escreveu guia para pedófilos é condenado

Phillip Ray Greaves é autor de "O guia do pedófilo para o amor e o prazer: um código de conduta para o amante da criança"



DA BBC BRASIL


Um americano que escreveu um polêmico guia para pedófilos foi condenado a dois anos de prisão, mas vai poder cumprir a pena em liberdade.

Phillip Ray Greaves 2º, autor do livro "The Pedophile's Guide to Love and Pleasure: a Child-lover's Code of Conduct" (Em tradução livre, "O Guia de Pedófilos para o Amor e o Sexo: Um Código de Conduta para Amantes de Crianças"), não contestou a acusação de distribuir material obsceno mostrando menores perante um tribunal da Flórida.

Greaves vai poder voltar para sua casa no Colorado e não vai precisar se registrar na lista de agressores sexuais do país, já que não foi acusado de molestar menores. Ele terá, no entanto, de pagar todos os custos da investigação e do julgamento.


Greaves foi preso depois de vender uma cópia de sua publicação a agentes da Flórida que se passaram por compradores, já que as leis do Estado do Colorado não enquadravam a publicação como crime.

AMAZON

O livro de Greaves argumenta que os pedófilos são mal compreendidos e oferece conselhos para que eles se comportem dentro da lei.

Depois de deixar o tribunal na Flórida, o autor --que alegou estar recebendo tratamento para transtorno bipolar-- disse à televisão local que estava "tentando ser objetivo, tentando ajudar pessoas que todo mundo odeia".

Segundo relatos da mídia, Greaves diz no livro ter o objetivo de estabelecer regras de conduta para que "esses encontros sejam os mais seguros possíveis para jovens que se encontrem nessas situações".

Uma versão eletrônica da publicação chegou a ser comercializada pelo site Amazon, gerando uma enorme polêmica.

Depois de críticas e ameaças de boicote, a versão do livro para Kindle, um leitor de e-books, foi retirada do catálogo da empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário